Pouco foi divulgado sobre o novo aparelho da Essential, empresa fundada por Andy Rubin, co-fundador do Android, após receber um bônus milionário e sair da Google sob acusações de assédio sexual. Rubin apresentou em seu Twitter as primeiras imagens do smartphone que é uma das apostas da marca, anunciado como Project GEM.

As fotos mostram um telefone alongado e estreito, como um controle remoto, e com um interface que organiza os aplicativos em formatos de cards. A escolha parece assertiva, visto que o aparelho segue a direção contrária de lançamentos de outras marcas e apresenta uma tela menor. Na parte traseira, uma câmera principal e um leitor biométrico.

Outro diferencial do design é o esquema de cores escolhido. São quatro versões — com tons de vermelho, azul, verde e amarelo — e, dependendo do ângulo em que é observado, o material apresenta variações de cor. No Twitter, a Essential divulgou imagens oficiais da novidade e escreveu: “Estamos trabalhando em um novo dispositivo para reformular sua perspectiva no celular”. Após os testes práticos iniciais, mais detalhes serão divulgados.

No final de 2018, como destacou o The Verge, o Bloomberg revelou que a Essential estava trabalhando em um novo celular que seria controlado principalmente por comandos de voz. O veículo antecipou ainda que o smartphone viria equipado com uma assistente inteligente capaz de executar tarefas. Os vazamentos de códigos divulgados por desenvolvedores sugerem que há a opção de um “modo de impressão digital walkie-talkie”.

Originalmente publicado neste site

Ronaldo Faria Lima on EmailRonaldo Faria Lima on FacebookRonaldo Faria Lima on GithubRonaldo Faria Lima on LinkedinRonaldo Faria Lima on Twitter
Ronaldo Faria Lima
Desenvolvedor de software há 23+ anos. Escreveu software para indústrias diversas, como telecomunicações e hospitality, em sistemas que variam de aplicações de missão crítica a sistemas embarcados em plataforma móvel celular.
Categorias: Startups

Ronaldo Faria Lima

Desenvolvedor de software há 23+ anos. Escreveu software para indústrias diversas, como telecomunicações e hospitality, em sistemas que variam de aplicações de missão crítica a sistemas embarcados em plataforma móvel celular.

0 comentário

Deixe uma resposta